Ética e Integridade

Como entidade relevante do setor de Tecnologia da Informação, a ABES mais uma vez se antecipou para atender aos princípios e requisitos da nova Legislação Brasileira Anticorrupção, a Lei 12.846/13, e atualizou seu Código de Ética e Conduta e estabeleceu uma Política de Interação com Agentes Públicos.

A partir desses dois importantes documentos, a ABES reformulou suas rotinas internas, criou o cargo de Compliance Officer e disponibilizou um Canal de Denúncias Externo Independente.

Este Programa de Integridade deve ser respeitado por todos os Associados, Conselheiros, Diretores e demais Colaboradores da ABES, que passam por treinamentos anuais. Os terceiros prestadores de serviços para a ABES também são orientados sobre as boas práticas exigidas pela entidade.

Para saber mais sobre o programa de Integridade da ABES, veja a matéria aqui.

Os associados são estimulados a desenvolverem seus próprios programas de integridade, que poderão ter por base os documentos disponibilizados pela ABES abaixo, e convidados a aderirem ao Programa Uma Empresa Ética.

Nota Importante

Se alguém se apresentar como representante da ABES, solicitando remuneração, presentes, sociedade, denuncie através do Canal de Denúncias da ABES: http://abes.legaletica.com.br/client/se_report_new.aspx

Nota Importante

Se alguém se apresentar como representante da ABES, solicitando remuneração, presentes, sociedade, denuncie através do Canal de Denúncias da ABES: http://abes.legaletica.com.br/client/se_report_new.aspx

A ABES, como associação de classe, tem importante atuação no desenvolvimento dos seus associados, estimulando seu desenvolvimento empresarial, fornecendo informações e serviços relevantes.

pt_BRPT