Iniciativa visa reverter o quadro de escassez de talentos na área de TI, impactando positivamente no nível de competitividade das empresas e do país e garantindo sintonia com as tendências do Futuro do Trabalho

Apesar do crescimento do mercado de TI (o Brasil figura na décima posição neste ranking de investimentos, com US$ 45,7 bilhões aplicados, sendo líder do segmento na América Latina), existe um déficit de mão de obra capacitada na área, que deve perdurar alguns anos. Neste contexto, a ABES – Associação Brasileira das Empresas de Software lança a plataforma RH Tech, que proporciona visibilidade das tendências e gaps do mercado de trabalho de tecnologia com atualização em tempo real, e que tem como objetivo apoiar o desenvolvimento de talentos. A plataforma concentra um hub com os cursos de nossos parceiros, faz a atualização em tempo real sobre a empregabilidade em tecnologia e ajuda a promover discussões sobre gestão de carreiras, desenvolvimento de equipes, retenção de talentos, modelo de trabalho híbrido, entre outros temas. 

A iniciativa, que tem como parceiros BlueInstituto Êxito de EmpreendedorismoMeu Futuro DigitalQlikInstituto Ser + e Trampos, segue à risca o propósito da ABES de contribuir para a construção de um Brasil mais digital e menos desigual, no qual a tecnologia da informação desempenha um papel fundamental para a democratização do conhecimento e a criação de novas oportunidades para todos, e gerou uma série de conteúdos que podem ser acessados gratuitamente, de forma irrestrita, por qualquer pessoa interessada.

De acordo com Jamile Sabatini Marques, diretora de Inovação e Fomento da ABES e pesquisadora do Instituto de Estudos Avançados da Universidade de São Paulo (IEA-USP), a RH Tech vai integrar várias ações importantes para o mercado e a sociedade, facilitando o acesso à informação e em linha com as boas práticas de ESG e com o compromisso da Associação com o Pacto Global da ONU. “Nossa ideia é trazer o panorama do setor, facilitar o acesso a estudos sobre a força de trabalho, compartilhar oportunidades de emprego e proporcionar a divulgação de cursos gratuitos que estão à disposição da sociedade como um tudo. Com isso, buscamos atrair pessoas que estão buscando se aprimorar e trabalhar no setor de tecnologia, ao mesmo tempo em que fornecemos dados que podem servir como norteadores das políticas públicas para o país”, afirma. 

A plataforma RH Tech é composta por um Hub de Educação Tecnológica (catálogo online com informações sobre cursos oferecidos pelas empresas associadas da ABES, institutos, ONGs, entre outras instituições de ensino), por um Hub de Vagas (com empregos para a transformação digital e que tem como objetivo atrair talentos), e também disponibiliza o Panorama RH Tech (que oferece dados estatísticos sobre a empregabilidade na Transformação Digital) e o Estudo ABES/IDC Força de Trabalho (com informações exclusivas sobre desafios das organizações em atrair e reter talentos nas áreas de tecnologia). 

Para Paulo Milliet Roque, presidente da ABES, a meta é transformar a plataforma RH Tech em uma referência para trabalhadores e contratantes do mercado de TI. “Queremos que este Hub seja uma referência para quem está buscando um curso, para quem está procurando uma vaga de emprego e para quem está recrutando profissionais. A plataforma será aberta, e as empresas poderão indicar conteúdos, que passarão pela nossa curadoria. Vamos aceitar cursos de todas as empresas do segmento, independentemente se elas são associadas à ABES. Porque o nosso objetivo é, acima de tudo, seguir firme em nosso propósito de contribuir para a construção de um Brasil digital e menos desigual”, declara.

acesso rápido

pt_BRPT